agosto 08, 2005

Troque a vítima pelo buscador...

Rubia A. Dantés

troquevitima-Picasso-SanLazzaroetSesAmis.jpg Estava pensando como o momento que estamos passando é tão decisivo para cada um de nós e para o planeta como um todo, que deveríamos aproveitar todas as oportunidades de crescimento com profunda gratidão, quando me veio na memória a lembrança de um tempo que passou onde a atitude de uma pessoa querida me magoou...

Na verdade eu me deixei magoar porque nós é que decidimos o que vamos fazer com as coisas que nos acontecem...
Naquela época eu não tinha essa clareza e lembro que fiquei um bom tempo triste, me lamentando... julgando o acontecimento a partir da minha visão limitada. E aquilo ao invés de me aliviar só aumentava a dor... Confesso que fiquei na posição de vítima indefesa... Mas isso de nada adiantou...

Depois de muito insistir na mesma tecla e não ver nenhum resultado a não ser ficar cada vez mais triste e sem motivação, resolvi mudar a minha visão e buscar o que mais poderia haver naquele acontecimento que tinha feito com que me magoasse tanto...

Afastei-me um pouco de tudo, tentando olhar de uma forma mais ampla... e foi aí que entendi o que aquela situação toda estava querendo me mostrar... Ficou claro que culpando o outro e me colocando como vítima eu estava tentando me proteger de entrar em contato com o que o Universo estava me dando com tanta perfeição. Uma oportunidade de liberar um medo antigo e até então, inconsciente.
A partir dessa nova perspectiva, pude perceber que aquela experiência continha inúmeras oportunidades de aprendizado... e me indicavam um caminho que fez grande diferença, um caminho onde passei por mortes e renascimentos... de onde saí mais inteira... mais próxima de mim e do Todo...

Neste momento tão especial que o planeta está passando, onde cada um... na sua história pessoal, também está passando por grandes transformações... é importante lembrar que todas as situações que trazem dor ou algum incômodo também trazem a chave da nossa transformação....

Muitas vezes culpar o outro e ficar na posição de vítima indefesa são mecanismos que usamos para não entrar em contato com as nossas dores, medos, culpas... etc.

Hoje eu sempre procuro o outro lado da história... antes de culpar a Deus e o mundo pelas coisas, busco o que aquela situação está me trazendo em oportunidades de crescer e de me transformar em alguém melhor e mais feliz... o que conseqüentemente beneficia ao Todo.

Vamos perceber que esse é o melhor caminho quando, ao liberamos o que quer que seja que estava nos impedindo de caminhar ou limitando a nossa vida, as coisas começam a fluir com muito mais facilidade, porque ganhamos uma dose extra de energia que estava bloqueada por aquelas situações...

Essa postura aparentemente simples tem um poder enorme de mudar tudo... parece milagre quando trocamos o papel de vítimas sem ação pelo papel de buscadores de oportunidades de crescimento.

Uma coisa que também tem um efeito grande para nos tirar da posição de vítimas é lembrar que tudo o que passamos fomos nós que criamos através dos nossos pensamentos, palavras e atos e que ninguém é vítima inocente de nada... Estamos apenas colhendo o que plantamos nessa e em outras vidas... e isso faz com que escolhamos com mais cuidado o que estamos semeando no presente.
Penso que o Universo em sua infinita sabedoria e compaixão nos traz sempre, nesses rebates do tempo, o retorno das nossas ações, como uma nova oportunidade para que nos tornemos seres mais inteiros ao resgatarmos partes nossas que estavam presas nessas histórias antigas...

Nos liberamos... liberamos energia, que pode então ser usada com mais consciência... Luz e Amor.

Fonte: Somo Todos Um
[Imagem: Picasso, "Lazzaro et Ses Amis"]

Posted by Lilia at agosto 8, 2005 12:56 PM
Comments